Como Usar ThrottleStop Para Controlar seu Processador

Notebooks possuem muito desempenho sob um chassi comprimido, alguns até conseguem superar alguns desktops em termos de potência total. No entanto, isso vem com custo da temperatura. Se você usa um para tarefas altamente intensivas, como renderização e jogos, ja esta ciente de problemas de temperatura. Boa parte deste calor vem da CPU e isso não é bom, pois reduz a longevidade do seu notebook. Em altas temperaturas, esses processadores não têm todo o seu potencial devido ao limite de Throttling térmico da Intel. Então, como podemos contornar essas questões, você pode perguntar?


Bem, é exatamente isso que vamos discutir hoje e usaremos um software de terceiros chamado ThrottleStop. Assim, como usar o ThrottleStop para controlar o desempenho da sua CPU:
Atenção é tudo por sua conta, vou ensinar mas não me responsabilizo pelo seu uso do programa.
Os ajustes a seguir tem resultados que variam de processador para processador, portanto não posso garantir que você tenha os mesmos resultados que os meus.


Sumário deste Artigo:
Reduzir a temperatura 
Desempenho máximo
Speedshift, Speedstep e C1E
Overclocking
Underclock
Undervolt
Testes de Estresse e Perfis de uso
Observações finais



Download ThrottleStop
Desenvolvido pela Unclewebb, o ThrottleStop é um software de terceiros que é amplamente utilizado por pessoas para monitorar e resolver os problemas de limitação térmica do seu CPU. Originalmente lançado em 2010, o software melhorou muito nos últimos 7 anos. A última versão do ThrottleStop é a 8.48, que você pode baixar aqui . Extraia o arquivo zip baixado e execute o ThrottleStop como Administrador para iniciá-lo.

Se o programa der erro ao iniciar, baixe todos os pacotes de Runtime Framework, pra isto recomendo All in One Runtime ou PatchMyPC



Reduzir a temperatura do CPU com o ThrottleStop
Bem, a principal razão pela qual alguém instalaria o ThrottleStop é manter a temperatura da CPU sob controle, porque é exatamente nisso que esse software se destaca. Portanto, quase todos os processadores Intel Core disponíveis atualmente suportam a tecnologia Turbo Boost. Com a ajuda do Turbo Boost, o seu processador aumenta a velocidade do clock a partir de sua freqüência operacional base, quando o sistema operacional solicita o mais alto desempenho do processador. Isso não é necessariamente uma coisa boa, porque quanto maior a velocidade do clock, maiores serão as temperaturas. Então, se você está ansioso para manter suas temperaturas baixas, o Turbo Boost é um dos seus piores pesadelos.

Agora que o ThrottleStop está aqui, você não precisa se preocupar mais com isso. Você pode desligar completamente a tecnologia Turbo Boost da Intel, marcando a opção "Disable Turbo" e clicar em Turn On. Uma vez feito isso, sua CPU permanecerá em sua frequência de estoque e nunca aumentará, a menos que seja ativada novamente. Se quiser confirmar isso, você pode observar a coluna FID no lado direito da janela do aplicativo ThrottleStop.

A coluna FID significa Identificador de Frequência. Isso também é comumente referido como o multiplicador que sua CPU está usando. O ThrottleStop usa temporizadores de alto desempenho dentro da CPU e pode calcular com muita precisão o multiplicador médio durante cada período de amostragem de 1 segundo.¨



Você pode dar uma olhada nesta CPU, por exemplo. Um processador Intel Core i7-7700HQ com uma freqüência base de 2,8 GHz e é capaz de aumentar turbo de até 3,8 GHz. Como você pode ver na imagem acima, uma vez que a opção Desativar Turbo foi marcada, a frequência da CPU ficou em aproximadamente 2,8 GHz. Desativando o Turbo Boost, a temperatura máxima do seu processador reduzirá em até 10 graus Celsius .


Agora se você não quer desativar o turbo boost, mas quer que ele respeite um limite de temperatura e assim se aproximar o máximo possível de um ponto de equilíbrio entre Desempenho X Temperatura, você pode estipular um limite de potência para que ele se retenha ao atingir certa temperatura.



Acesse o botão TPL na parte inferior, uma nova caixa de diálogo será aberta, vamos alterar apenas os números das opções mais acima, em ´´Turbo Boost Power Limits´´, eles determinam (com uma pequena margem de erro) os limites térmicos (em watts) que a CPU deve obedecer antes de reduzir sua voltagem e velocidade, o objetivo aqui é registrar os valores padrão para não se esquecer deles e em seguida, buscar um número abaixo deles.

Ao fazer isto, quando você ativar um programa exigente, ele ainda poderá usar o Turbo Boost, mas ele será interrompido se a CPU exceder esses valores térmicos. A vantagem de ajustar esses limites é que eles são baseados em temperatura, não em tensão ou velocidade, por isso leva em conta o calor produzido por componentes próximos, como a GPU. Desta forma você aproxima o ganho de desempenho do Turbo com o ganho de redução da temperatura do programa, encontrando um ponto confortável de atuação.

Outra forma de dar uma aparada no seu Turbo Boost sem precisar desativá-lo é clicando no botão FIVR, la você vai encontrar a sessão Turbo Ratio Limits, os números do Turbo Ratio Limits são dezenas que vão multiplicar a frequência por 100, ou seja se você quer que seu turbo alcance até 3,000 Ghz limite os campos a 30, se você quer que o turbo alcance até 3,400 Ghz limite os campos a 34 e por ai vai, desta forma você pode encontrar um equilíbrio entre desempenho e temperaturas com uma precisão cirúrgica.





Desempenho máximo do CPU com o ThrottleStop
Nem todo mundo pode estar interessado em apenas manter as temperaturas da CPU mais baixas. Algumas pessoas podem não querer que o desempenho da CPU seja afetado devido a essas altas temperaturas. Portanto, se você é um deles,  desative “BD PROCHOT”  desmarcando a caixa. Basicamente significa processador bidirecional quente. Isso pode parecer complicado, mas nós vamos deixar você saber o que é isso.




CPU não é o único componente em seu notebook gerando todo o calor. O chip gráfico dentro do seu notebook gera uma boa quantidade de calor, especialmente durante longas sessões de jogo. Isso basicamente aumenta a temperatura geral do seu notebook. Como resultado disso, a temperatura da CPU também sobe.

A Intel introduziu este recurso BD PROCHOT, de modo que, se outro componente como seu chip gráfico estiver executando muito quente, ele seria capaz de enviar um sinal PROCHOT diretamente para a CPU e forçá-lo a esfriar por Throttling (redução de desempenho). Como resultado, todo o notebook esfria. Ao desabilitar o BD PROCHOT, sua CPU continuará funcionando a todo vapor, mesmo que as temperaturas de outros componentes do seu sistema estejam ficando muito altas.




SpeedStep, SpeedShit e C1E
As opções Speedstep e Speedshift marcadas permitem que a velocidade do clock e a voltagem da CPU mudem automaticamente de acordo com a carga de trabalho e a temperatura através de diferentes meios. Speedstep (Também conhecido como como EIST) é um controle automático realizado pelo sistema operacional, como os planos de energia do Windows por exemplo.

Speedshift é um controle automático realizado pela própria CPU, SpeedShift veio pra substituir o Speedstep nos novos processadores Intel a partir da sexta geração Skylake, oferecendo uma alternância de clock mais rápida, eficiente e precisa.

Se seu processador estiver sofrendo com Throttling ou com inconsistência de desempenho, você pode usar o Speedshift para definir a frequência com a que seu processador trabalha, para usar o SpeedShift você precisará clicar no botão “TPL” e ativar o Speed ​​Shift nessa caixa de diálogo também. Embora deva ser habilitado por padrão em novos PCs



Ao lado de Speed ​​Shift, há uma caixa com um valor numérico. Os valores aceitos são 0 até 255, onde 0 significa desempenho máximo absoluto independente de temperaturas e 255 significa desempenho mínimo com consumo mínimo de energia, 128 é o meio termo que vai reduzir o clock de acordo com as cargas de trabalho, você pode usar um valor 0 quando conectado na tomada e um 128 mais balanceado quando estiver em bateria, por exemplo.



Um valor de 0 manterá os clocks fixos no máximo sob a maioria dos níveis de carga, 128 permitirá algum downclock durante a carga e 255 provavelmente prenderá seus clocks na sua frequência mínima, apesar da carga. Você pode ir mudando estes números e vendo como eles redefinem a frequência do seu processador teclado Ctrl + Shift + Esc no gerenciador de tarefas, aba performance.


C1E - Este é um mecanismo de economia de energia do processador que desabilita núcleos, reduz a frequência e voltagem automaticamente quando o computador esta ocioso, se desmarcada o processador manterá clocks mais altos, drenando mais energia e gerando mais calor,  para uso do dia a dia mantenha ativado, se você quer desempenho máximo desative.

PKG POWER - Este é o limite de consumo de energia do processador (incluindo a placa integrada), aumentar isto para Max permitirá que seu processador trabalhe com frequências mais altas por mais tempo, da mesma forma que diminuir isto para Min fará o efeito contrário, conservando energia.


Cuidado com estas opções, elas significam o controle protetivo do sistema que balanceia automaticamente frequência, consumo de energia e temperatura, configura-las pode forçar o processador e os outros componentes a trabalharem no máximo, mas também podem implicar em maior consumo de energia e maior geração de calor.








Aumentando a frequência do CPU (Overclocking) usando ThrottleStop
Nota :  Antes de prosseguir com isso, você precisa perceber que o overclock da CPU só funcionará em processadores da série K desbloqueados, como o Intel 7820HK, 6820HK e assim por diante. Se você tiver mais alguma coisa, este passo não é para você e você pode pular esta seção.

Se você acha que tem espaço de temperatura suficiente e tem um processador desbloqueado, pode tentar fazer um overclock no seu processador e colocá-lo nos limites, se desejar. No entanto, se a temperatura da sua CPU já estiver alta em velocidade base, recomendamos que você evite o overclock. O ThrottleStop permite que você faça o overclock do seu processador em alguns segundos. Para fazer isso, basta aumentar  a opção de controle "Set Multiplier" de acordo com sua preferência.



O multiplier do conjunto pode parecer complicado no começo, mas é muito fácil de entender. Todas as CPUs Intel Core disponíveis atualmente têm um clock base de 100 MHz, independentemente do multiplier. Vamos supor que você tenha um CPU i7 7820HK com uma freqüência base de 2.9 GHz e uma freqüência de boost de 3.9 GHz, você pode fazer overclock para 4 GHz configurando o multiplier para 40, que significa essencialmente 40 x 100 MHz clock base = 4 GHz . Uma vez feito, a coluna FID no lado direito da janela do aplicativo mostrará 40.xx, se realmente funcionou.




Reduzindo a Frequência do CPU (Underclock) com ThrottleStop
Ao contrário do procedimento de overclocking, que é restrito aos processadores desbloqueados da série K, qualquer processador Intel pode ter o underclock ou o downclock usando o ThrottleStop. Pessoas que preferem fazer isso, geralmente querem impedir que a CPU fique muito quente a fim de melhorar sua longevidade. Por exemplo se você tem um processador que esta superaquecendo muito em uma frequência alta como 4.0 Ghz, você pode fazer o Underclock reduzindo-o a 3,5 GHz, desta forma seu processador continuará funcionando bem, você poderá continuar fazendo suas atividades só que eliminando o sobreaquecimento. O procedimento para fazer isso é praticamente o mesmo que overclocking, exceto pelo fato de que você estará  reduzindo o " Set Multiplier" de acordo com sua preferência.



Certifique-se de ativar o "SpeedStep"  marcando a caixa. Se estiver desativado, você não poderá fazer downclock em sua CPU. O i7-7700HQ por exemplo, a sua frequência base é de 2,8 GHz. Então, para fazer underclock para 2,1 GHz, supostamente teria que reduzir o Set Multiplier para 21. Uma vez feito isso, você será capaz de notar a velocidade de clock reduzida na coluna FID do aplicativo, como mostrado em a imagem acima. Apesar do downclocking da sua CPU melhorar a temperatura por uma grande margem, o desempenho geral do seu notebook também será afetado, já que a CPU não está tendo todo o seu potencial, meça isto de acordo com seus testes e resultados e sua preferência pessoal.

Olha, fiz no meu i5 6200U definindo multiplier 15 para travar no 1500Ghz e deu certo, pra ver se o processador realmente reduziu a frequência é só teclar Ctrl + Shit + Esc e olhar a aba Performance:








Reduzindo Consumo de bateria e geração de calor com Undervolt
Como muitos de nós optamos por notebooks gamers de alto desempenho que normalmente não são projetados para 8 a 10 horas de vida útil da bateria, é fundamental que possamos espremer cada último segundo de bateria desses sistemas. É por isso que nós subestimamos a CPU para reduzir a quantidade de energia exigida, aumentando assim a vida útil da bateria, diminuindo a temperatura e reduzindo a quantidade de tempo que os coolers iniciam. Em nossa experiência, o undervolting pode fornecer até 20% aumento da duração da bateria.

Ao contrário do Underclock, o undervolting não diminui o desempenho do notebook, reduz apenas um pouco a tensão na qual o processador trabalha, refletindo assim, em uma temperatura bem menor (cerca de 10 graus a menos), mas neste caso, não se altera a velocidade  de clock dele nesse processo. Em muitos casos há até uma melhora no desempenho, já que ele, bem mais frio, consegue manter velocidades Turbo mais altas por mais tempo.


1 - Acesse o Menu FIVR
2 - Marque as seguintes opções, CPU Core, Unlock Ajustable Voltage, Adaptive:
3 - Em seguida, em Offset Voltage, reduza a voltagem,
4 - Repita o mesmo processo, so que desta vez marcando a opção CPU cache, marque de novo Unlock ajustable voltage, Adaptive e reduza para o mesmo valor que você definiu no passo anterior
5 - Desde então basta descer ao fundo e marcar OK Save Voltage Imediatelly e dar aplicar

Você deve encontrar um valor de redução de tensão seguro para que seu notebook trabalhe sem falhar, para descobrir este valor reduza de pouco em pouco e vá testando em alguma partida de jogo para saber até onde pode ir. O Máximo que pode acontecer se você reduzir um valor que ultrapasse o limite que seu processador suporta é o sistema reiniciar, isto só significa que você deve retroceder um pouco o valor reduzido para manter o notebook funcionando bem, é apenas uma questão de achar o ponto estável. No caso do meu i5 6200U o limite foi de -70mV, mas processadores da série H podem suportar além dos -100Mv.




Teste de Estresse e Uso de Perfis Predefinidos:
Ao fazer qualquer modificações neste programa, recomendo que você faça um teste de estresse e veja no gráfico até onde as temperaturas alcançam e se há alguma instabilidade no desempenho, pra isto basta escolher Ts Bench. O teste de estresse do TS Bench 1024M é excelente para revelar problemas sem danificar o sistema, embora seja um pouco demorado executá-lo, escolha o tamanho do teste e acompanhe o andamento das temperaturas e se aparece alguma mensagem de ERRO ao lado de Progress, no caso de que esta mensagem apareça ou de que as temperaturas beirem os 100 Graus então é bom você retroceder em suas medidas.



A coluna C0% esse é o estado em que a CPU está funcionando, portanto, esse número é muito semelhante a um medidor de carga da CPU. Quando a modulação do relógio está sendo usada, o C0% é uma visão muito mais precisa do quanto o seu processador está realmente trabalhando, as vezes difere bastante do que mostra o gerenciador de tarefas.

A coluna Max acompanha a temperatura do seu núcleo mais quente ou o quão perto você chegou do ponto de throttling térmico.

Você também pode criar perfis de uso para salvar suas configurações no programa e alternar entre elas rapidamente.






Como Iniciar o ThrottleStop com o Sistema 
Infelizmente este programa não tem opção de iniciar junto com o windows e suas configurações perdem todo efeito com a reinicialização do sistema, para evitar ter que ficar abrindo o programa manualmente vamos configura-lo para inicialização automática:

Abra menu Opções, e marque estas duas opções:


No menu iniciar procure por Ferramentas Administrativas do Windows, Agendador de tarefas:









Observações finais:

É importante lembrar que todas as configurações que você vê no ThrottleStop serão inicialmente definidas de acordo com as configurações padrão que o fabricante definiu para sua CPU. Se você quiser voltar às suas configurações originais para fins de solução de problemas ou benchmarking, simplesmente vá para a sua pasta ThottleStop, localize o arquivo “ThrottleStop.ini” e exclua-o, depois desligue e religue (não reinicie). Isso limpará todas as configurações ou registros definidos pelo programa.

Obviamente você deve usar o ThrottleStop juntamente com o MSI Afterburner, para exibir as métricas de desempenho, temperatura, frequência, dentre outros dados durante seus jogos para ter noção de como suas opções estão interferindo no jogo.

Fui notificado que as opções Speedstep e C1E impactam negativamente em SSD,s limitando a energia que ele recebe e por tabela limitando a performance, se você usa SSD faça um teste de antes e depois de ativado e desativado estas opções com o programa Crystal Disk Mark para tirar suas conclusões.

Se você esta tendo problemas com Power Limit Throttling ou Thermal Throttling, experimente desativar Speedstep e BDprochot, você pode experimentar ativar e configurar o Speedshift para máxima performance como ja ensinado acima ou desabilitá-lo.

Em um tutorial antigo eu havia ensinado a marcar as opções Clock Modulation 100% Chipset Modulation 100%, essas configurações foram projetadas para informar a CPU ou o chipset a serem executados com uma capacidade total em percentual, forçando o processador a trabalhar no máximo. Para a maioria dos chips mais novos, esse método não é mais usado e a ativação do recurso no ThrottleStop não fará mais efeito, você pode experimentar deixa-las marcadas se estiver tendo queda de performance, mas aplica-se apenas a processadores antigos.


Evitar problemas de limitação térmica com ThrottleStop
Dependendo dos problemas que você está enfrentando, você pode controlar completamente o desempenho do seu processador e manter as temperaturas sob controle com o software ThrottleStop. O processo é bastante simples e, se você sabe o que está fazendo, o ThrottleStop é algo que você deve usar todos os dias. Então, quais são seus pensamentos sobre este software legal? Pode finalmente resolver a maioria dos problemas que os usuários de laptop estão enfrentando? Deixe-nos saber na seção de comentários abaixo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR LEIA PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

DÚVIDAS PRÉ-COMPRA:

* Por que você não fala desse ou daquele notebook ? Porque este site não recomenda todos os notebooks... este site recomenda somente os melhores.

* Os preços estão maiores !? Preços sobem e descem todo instante, prefiro recomendar o que é o melhor possível do que o que é mais barato

* Como sei se um note roda um jogo? Pesquise no youtube por gameplays do jogo com uma configuração semelhante a do seu note. Ex: Cs Go i5 8250U MX150

* Devo escolher melhor processador ou placa de vídeo ? melhor placa de vídeo

* Entre placas de vídeo escolho série MX ou GTX ? GTX

* E entre MX e Intel Graphics ? MX

* Entre processadores escolho série H ou U ? H

* Há muita diferença entre Core i3, i5 e i7 ? i3 é para uso doméstico, i5 é para multitarefas e i7 é para trabalhar com edição.

* Turbo Boost é automático ou devo ativar ? Automático, mas pode desativar ou ativar

* Posso trocar placa de video do note ? Não

* Mas notebook não esquenta muito? Preparamos uma Lista gigante de formas de manter seu note bem refrigerado

* E se eu não gostar do notebook ? Dentro dos 7 primeiros dias de uso ligue pra loja e peça Direito de Arrependimento, vão te dar um código pra enviar o note de graça e te reembolsar sem precisar justificar



DÚVIDAS PÓS-COMPRA:

* Qual a primeira coisa a fazer em note novo ? Remover Bloatware

* Onde baixo jogos ? Steam, Origin e Epic Games

* Devo jogar com note na tomada ou bateria ? Na tomada

* Como configuro meu note para jogos ? Defina modo de energia em Alto desempenho, defina placa de vídeo dedicada como principal, atualize todos drivers com Driver booster e feche processos com Razer cortex

* Meu note esta lento o que fazer ? Desative programas que iniciam junto com windows

* Qual Cooler devo usar ? Clique aqui para ver nossa lista dos melhores coolers.

* Que Upgrades recomenda para note ? Instalar SSD, memória ram (Dual Channel) e trocar a pasta térmica

* Quais Memórias são compatível com meu note ? Acesse o site da crucial
e escolha a opção SCAN COMPUTER, todas memórias compatíveis serão listadas, no manual do seu notebook também diz.

* Meu notebook esta com baixo desempenho em jogos, o que fazer ? veja aqui os possíveis causadores deste problema.

* Tenho muitas duvidas, onde obtenho suporte ? no nosso Grupo